Sites Grátis no Comunidades.net
Votação
Qual reivindicação seria prioridade?
Plano de Carreira
Plano de Saúde
Outros|74|brown
Ver Resultados




ONLINE
3





Partilhe esta Página



 

       

 


Sindicato Patronal Desrespeita Trabalhadores
Sindicato Patronal Desrespeita Trabalhadores

 

 

Sindicato Patronal desrespeita trabalhadores:

 

Acordo Coletivo do Sul de Minas vai à dissídio coletivo

 

            Na última quarta-feira, dia 17 de junho, aconteceu mais uma audiência no Ministério Público do Trabalho de Varginha para se debater a campanha salarial que motivou os trabalhadores e trabalhadoras da MGS lotados nas Unidades de Atendimento Integradas de Lavras e Pouso Alegre a deflagrarem a maior greve da história da MGS.

           

          Chegando aos quase 50 dias de greve, o sindicato patronal chegou ao absurdo de não apresentar nenhuma proposta na audiência. Negando todas as reivindicações legítimas que o Sineth, a ASSEPEMGS juntamente com os empregados públicos da MGS acumulou ao longo do movimento grevista. Fica evidente que é necessário nos movimentarmos mais para exigirmos o mínimo de respeito por parte do governo do estado e da diretoria da empresa.

           

         Com todo este descaso, a campanha salarial deste ano vai para o dissídio coletivo, ou seja, irá a justiça do trabalho para haver uma decisão. Assim os companheiros e companheiras retornarão às atividades laborais na próxima segunda-feira.

           

       É sempre importante frisar que conseguiremos algum reconhecimento e valorização quando vamos à luta. Se ficarmos paralisados aceitando as propostas dos patrões com passividade, continuaremos a ser atropelados pela vontade deles, e não seremos ouvidos enquanto categoria. Por isso a ASSEMPEMGS mais uma vez parabeniza os trabalhadores e trabalhadoras que fizeram a greve em Lavras e Pouso Alegre, dando o exemplo aos demais empregados públicos da MGS que avançaremos lutando.